segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Valiosa Vida - Porque a vida é mais que importante



A VIDA REAL

Espaço. Eu nem sei mais o que é espaço. E o tempo? Nem sei se um dia ele existiu.
Eu não domino mais o que eu pensava ser do meu domínio.
Só mais uma pergunta. O que me deixou tão cego, surdo, mudo e burro?

Desculpem tantas lamentações, mesmo porque estou começando a acordar. Se você continua dormindo não se preocupe, sua vez de acordar virá, a não ser que você queira acordar agora. Essa é uma questão simples, mas importante, portanto pense bem. Já vou avisando que não será fácil. É difícil largar a realidade que lhe ensinaram. Talvez você não tenha que largar a realidade, talvez você já viva a realidade.


Responda uma coisa:
Você gosta de coisas estranhas e diferentes?
Mais uma:
Você acredita que a ficção sempre tem algo de verdadeiro?

Se você tem como respostas a palavra "SIM" pode estar certo que você já começou a perceber as coisas como elas são. Há uma ressalva, cuidado com as ilusões, cuidado para não ser hipnotizado, pois, a realidade é fascinante, tão fascinante que as vezes até dá medo. Repare que fascinante não significa paraíso.


A primeira coisa fascinante é que pouco importa a nossa aparência, as nossas características e a nossa situação econômica. Porque tudo isso não importa? Você deve estar se perguntando. É uma boa pergunta uma vez que você sempre aprendeu que essas coisas são importantes. Tudo bobagem!
Aspectos materiais e mundanos são apenas o meio que temos para interagir com a vida, e não representam a nossa verdadeira face, não chegam nem perto de nossa essência. Pense no teatro. Um ator representa inúmeros papéis e tenta representá-los da melhor maneira possível. Assim somos nós. Você tem um corpo, aprenda como usá-lo da melhor forma.

Você encontrará muitas situações em seu caminho. Algumas serão boas e outras nem tão boas. Aprenda com todas, cada segundo nos mostra algo interessante. Analise as situações por todos os ângulos que você encontrar, não caia naquela linha de pensamento unidimesional (uma linha de pensamento que analisa apenas um ângulo de uma situação), esqueça os padrões que você conhece, se esforce para ir além, alcance um outro nível de entendimento. Lembre-se de olhar para a essência das coisas, deixe seu ego e emoções de lado, elimine todos os véus que atrapalham sua visão, se desapegue de tudo que é fútil, comece a viver a realidade, questione tudo o que for passado a você. A verdade é relativa, tenha suas próprias experiências e conclusões. Só não ignore os fatos, mesmo aqueles que parecem inúteis.
Pois é, a vida a todo o momento nos apresenta novos desafios, vamos conversar um pouco sobre isso. Viver e não ter desafios, nem sei se é possível passarmos pela experiência da vida sem um desafio sequer. Fugir de desafios é fugir da vida real, é fugir do que você realmente é, é mentir e enganar a si mesmo.
Felizmente enganar a si mesmo é impossível. Existe uma realidade universal, uma verdade universal, e, por mais que você tente escapar dela ela está lá, mais cedo ou mais tarde você terá de admitir isso. Podemos apenas adiar o encontro com a realidade, mas esse encontro é inevitável, e quanto mais adiado for, mais doloroso será.
Precisamos passar por inúmeras provas para mostrar o nosso valor, mais que isso, mostrar que nossa vida tem valor para a humanidade e o mundo, mostrar que merecemos o cargo que temos, o cargo de vivos.
Porém mostrar e provar algo para alguém não é a principal função dos desafios. Quando se vence um desafio se cresce. Os desafios nos ajudam a crescer, a evoluir. Basta ter coragem para enfrentá-los e você estará mostrando o valor do que você é e faz.
O segredo da vida talvez seja esse, enfrentar desafios para se transformar em algo melhor. A razão da existência do universo é essa, sem desafios não há porque existir o universo. É isso que torna o mecanismo universal vivo, é o que mantém o universo vivo e funcionando perfeitamente. E como somos parte integrante do universo essa regra serve para nós também.



Agora, mudando um pouco de assunto. Muitas pessoas dizem "a vida é curta e temos que nos divertir". Pois então, tem coisa mais divertida que viver a realidade? Podemos observar que o conceito de "aproveitar a vida" está um tanto deturpado. Percebemos que há entre as pessoas a idéia de que aproveitar a vida está relacionado a apenas diversão e lazer. Aí está outra bobagem, claro que se divertir e ter momentos de lazer faz parte do aproveitar a vida. Porém é muito mais do que isso. Para muitos aproveitar a vida é uma tarefa simples, mas não é tão simples quanto parece e envolve muitas coisas, não pense que você pode sair por ai fazendo o que quer, aproveitar a vida implica em responsabilidade, e quem não a tem, ao invés de estar aproveitando a vida, estará desperdiçando essa dádiva que lhe foi dada.
Talvez você estranhe o que vou dizer agora. Você pode estar em um local que você não goste, fazendo coisas que não goste, com pessoas de quem não goste e


aproveitar a situação para aproveitar a vida. Pare e pense, porque você está nesse lugar com essas pessoas nessa atividade? Você tem que aprender ou ensinar? Será que você não se colocou nessa situação? Nunca culpe ninguém antes de saber se a culpa é sua.
Tudo é uma questão de enxergar a beleza por trás das situações, ações e acontecimentos. Mesmo por trás de coisas bizarras e tristes há belezas, não deixe que seus olhos o enganem. Lembre-se de que "as aparências enganam".
Descubra quais são as suas responsabilidades e aproveite a vida. Como descobrir? Seja criativo.
Por falar nisso, criatividade é um assunto interessante para ser discutido. Criatividade e imaginação sempre se mostraram como coisas ilimitadas, e isso é uma prova de que somos seres com capacidades ilimitadas, tudo é uma questão de treino. Talvez você não conheça os seus "poderes". Ás vezes você usa seus "poderes" e nem sabe disso.
Quais são os seus "poderes"? Isso eu não vou lhe dizer, você tem "poderes" para responder essa pergunta. Não esqueça disso e você não sentirá mais pena, nem dos outros, nem de si mesmo. Não existem coitados. Cada um tem o que merece e o que precisa. Vamos sempre nos recordar da famosa lei da ação e reação, você colhe aquilo que planta. Você pode escolher o que atrai e repele, preste atenção na sua escolha, de repente você está escolhendo exatamente o que não quer. O importante é que você tenha noção e consciência daquilo que está escolhendo, e isso é sério, esteja atento.

Escrito por Felipe Simões Quartero





- fonte: http://fesq.sites.uol.com.br/a_vida_real/a_vida_real.html

2 comentários:

André Mattos disse...

"parece que as pessoas ao passar do tempo vão ficando mais ignorantes quando tenta dar algo que o possa ser util."

André Mattos disse...

"A mais eficaz consolação em toda a desgraça, em todo o sofrimento, é voltar os olhos para aqueles que são ainda mais desgraçados do que nós: este remédio encontra-se ao alcance de todos."